Alencar já respira sem ajuda de aparelhos

SÃO PAULO - O vice-presidente da República, José Alencar, já respira sem a ajuda de aparelhos, segundo informou o Hospital Sírio-Libanês, nesta quarta-feira. Alencar foi submetido a uma cirurgia de 18 horas no domingo para a retirada de tumores.

Redação com Agência Estado |

Luciano Trevisan/Fotomídia
Alencar está internado

De acordo com a assessoria do hospital, o quadro do vice-presidente é estável e seu estado clínico está melhorando.

Na terça-feira, Alencar recebeu a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que demonstrou otimismo após o encontro.

"Saio feliz pelo otimismo dos médicos e da família", afirmou Lula, após a visita, destacando que voltaria para Brasília com a certeza de que Alencar estará de volta mais rápido do que o esperado.

A cirurgia para a retirada de um tumor abdominal a que se submeteu o vice-presidente é "uma das mais radicais na área da oncologia e a mais delicada cirurgia a que foi submetido o vice-presidente", afirmaram o oncologista Paulo Hoff e o cardiologista Roberto Calil. Os dois especialistas fazem parte da equipe responsável pelo procedimento cirúrgico, coordenada pelo cirurgião Ademar Lopes.

De acordo com os médicos, a recuperação deve ser lenta devido à complexidade da cirurgia que foi realizada no retroperitônio (porção posterior do abdômen). O vice-presidente e seus familiares foram avisados sobre a complexidade e os riscos do procedimento.

Alencar deverá passar alguns dias na UTI. Alencar enfrenta sua oitava cirurgia e luta contra o câncer desde 1997.

Leia também:

    Leia mais sobre: José Alencar

      Leia tudo sobre: josé alencar

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG