Alencar diz que câncer diminuiu 51% desde setembro

O vice-presidente José Alencar (PRB) anunciou hoje que o tratamento contra o câncer está evoluindo e que o tamanho dos seus tumores na região abdominal já foi reduzido em 51% desde setembro. Otimista, disse que se estiver curado poderá disputar as eleições do ano que vem, concorrendo a uma vaga ao Senado ou à Câmara dos Deputados.

Agência Estado |

"Se eu estiver curado e as lideranças e o povo quiserem, eu aceito (disputar as eleições)", afirmou. "Mas isso se eu estiver curado e em condições de exercer o meu mandato", disse o vice-presidente, após participar da posse da nova diretoria do Clube de Engenharia, no Rio, onde também foi homenageado.

Alencar emocionou as pessoas que participavam da solenidade ao comentar sobre a doença e a evolução do tratamento. Disse achar admirável a corrente de orações em seu favor e pediu ao povo que mantenha a fé na sua cura. "O tumor não é brincadeira. É recorrente e muito agressivo. Mas nós não temos medo dele. E a fé em Deus eu tenho muito clara", explicou Alencar.

De acordo com o oncologista Paulo Hoff, que coordena a equipe de médicos que cuida do vice-presidente, Alencar tem respondido "excepcionalmente bem ao tratamento". Ele deve passar por uma nova bateria de exames no final de janeiro ou início de fevereiro. "Pela complexidade do caso, essa resposta nos deixou muito felizes. Melhor que as nossas expectativas iniciais", explicou Hoff. "Os tumores reduziram de tamanho substancialmente". O médico, no entanto, preferiu não fazer um prognóstico sobre as possibilidade de Alencar ficar totalmente curado. "É muito prematuro para isso".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG