Família autoriza doação de órgãos da jovem Eloá" / Família autoriza doação de órgãos da jovem Eloá" /

Alencar acredita ter havido cuidado de policiais em sequestro de Eloá

BRASÍLIA - O vice-presidente da República, José Alencar, lamentou neste domingo o desfecho trágico do sequestro da adolescente de 15 anos Eloá Cristina Pimentel. Alencar também afirmou acreditar que houve cuidado dos policiais na operação, apesar de dizer que não pode avaliar o procedimento do efetivo que invadiu o local onde Eloá era refém de seu ex-namorado, Lindemberg Alves. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/19/eloa_tem_morte_cerebral_confirmada_por_medicos_2055085.html target=_blankFamília autoriza doação de órgãos da jovem Eloá

Sarah Barros, Último Segundo/Santafé Idéias |

"Depois que as coisas acontecem, se não tivesse havido nada com as meninas, os policiais que estavam lá estariam agora sendo aplaudidos. Mas, por circunstâncias da vida, aconteceu o que aconteceu", declarou. "Eu não tenho condições de fazer essa avaliação [sobre o procedimento dos policiais]. Acredito que tenha havido todo o cuidado possível por parte das autoridades, mas há coisas que são inevitáveis", completou. 

Eloá passou cerca de cem horas como refém de seu ex-namorado, Lindemberg Alves, em um apartamento de Santo André, em São Paulo. Após ser atingida por um tiro na cabeça, ela teve morte cerebral. A amiga de Eloá, de 15 anos, também levou um tiro, mas se recupera bem de cirurgia para a retirada da bala.

O vice-presidente também afirmou não haver relação entre este incidente e o conflito entre policiais civis em greve e policiais militares, em manifestação no último dia 16, próximo ao Palácio dos Bandeirantes. "São coisas diferentes. Ali havia um movimento da Polícia Civil que reivindica reajustamento salarial e, como ela quis fazer a manifestação nas proximidades do Palácio e lá há área de segurança, então, não se pode permitir nem aquela nem nenhuma outra manifestação", declarou Alencar, negando incapacidade da Polícia Militar local. Cerca de 20 pessoas ficaram feridas no confronto.

Leia também:

Leia mais sobre: sequestro

    Leia tudo sobre: seqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG