Um telefonema entre Nicolas Sarkozy, presidente da França, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, selou ontem um acordo entre os dois países em torno do Pacote Energia-Clima, que será analisado na quinta e na sexta pelos 27 líderes da União Européia, em Bruxelas. A decisão sobre o projeto, que prevê a redução das emissões de CO2 em 20% até 2020, é importante porque pode influenciar os rumos da 14ª Conferência do Clima em Poznan, na Polônia.

A confirmação do pacto entre os dois países foi feito por meio de um comunicado distribuído na noite de ontem pelo Palácio do Eliseu. “Sobre o Pacote Energia-Clima, eles (Sarkozy e Merkel) confirmaram o desejo de fechar o acordo no Conselho Europeu”, diz a nota. Também chamado de 3x20, o Pacote Energia-Clima é um projeto de lei ambiental que vem sendo analisado pelos 27 países-membros do bloco. Entre suas metas, estão a redução de 20% das emissões de gases de efeito estufa, o uso de 20% de energia renovável, e 20% de redução do consumo de energia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.