O pré-candidato tucano ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse hoje que, mesmo liderando as pesquisas, vai fazer campanha como se tivesse apenas 1% das intenções de voto. Prefiro trabalhar como se tivesse 1%.

Vou trabalhar com fé e servir às pessoas. Estou muito animado para trabalhar e servir a população do Estado de São Paulo", disse o ex-governador em Presidente Prudente, no interior do Estado.

Alckmin lembrou que ainda não é oficialmente candidato, já que a formalização só acontece na convenção do partido, em 12 de junho. Por isso, o pré-candidato afirmou que irá "calçar as sandálias da humildade" neste momento.

Nesta tarde, o ex-governador participa da festa de Santo Expedito, na cidade de mesmo nome. Questionado se irá pedir ajuda ao santo, famoso por concretizar causas impossíveis, ele disse que não mistura política com religião. "A política cabe a nós políticos, não é tarefa de santos", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.