A expectativa da coordenação de campanha de Geraldo Alckmin, candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, é que ele deixe o Instituto do Coração (InCor) amanhã. O candidato foi internado nesta madrugada, por volta das 0h30, em razão de indisposição estomacal.

Sua assessoria diz que o médico do candidato, David Uip, diagnosticou uma intoxicação alimentar agravada por uma diverticulite, doença não grave que o candidato tem há algum tempo.

Hoje, o candidato tucano não compareceu, pela manhã, a um evento de campanha na favela de Heliópolis, na zona sul da capital, por estar internado. Para hoje estão previstas apenas gravações para a campanha, não desmarcadas até o momento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.