Ajudava meus vizinhos, quando minha casa foi soterrada, conta jardineiro

O jardineiro Ronaldo dos Santos Silva de Souza, de 27 anos, perdeu a irmã e quatro sobrinhos soterrados por causa das fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro entre a noite de segunda-feira e terça-feira. A cidade (Niterói) foi devastada. Ainda não estou acreditando.

Bia Amorim, iG Rio de Janeiro |


Arte iG

Fabrizia Granatieri
Souza perdeu irmã e quatro sobrinhos

Souza perdeu irmã e quatro sobrinhos

Souza ajudava os vizinhos, quando a casa em que ele morava, em Niterói, foi soterrada. "A casa dos meus vizinhos tinha caído e estava lá ajudando, quando a minha foi soterrada".

Ele ainda conseguiu salvar outras três pessoas de sua família que estavam na casa. "O senhor levou cinco pessoas e deixou outras três (mãe, filha e irmão)", disse Souza, que é evangélico.

Dia de caos

Na terça-feira, o Rio de Janeiro viveu um dia de caos. Além das mortes registradas, a maioria das vítimas de deslizamento de terra, 202 pessoas ficaram feridas após uma forte chuva que atingiu o Estado.

As aulas foram suspensas, serviços públicos tiveram o expediente cancelado, o aeroporto Santos Dumont ficou fechado durante boa parte da manhã e empresas cancelaram a venda de bilhetes com destino para o Rio.

Esta é considerada a pior chuva já vista no Rio de Janeiro . Em 24 horas, o número de mortos superou o registrado nos quatro meses de verão em São Paulo.

Dramas e relatos

Leia também:

    Leia tudo sobre: chuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG