Ahmadinejad: Irã e Brasil buscarão mundo sem armas

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, disse hoje em discurso ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Itamaraty, que Brasil e Irã desempenham papéis relevantes no cenário internacional e podem ajudar numa nova ordem mundial humanitária. Os dois países procuram resolver problemas internacionais e podem colocar um fim a agressões e buscar um mundo sem armas de destruição em massa, em particular, as nucleares, disse.

Agência Estado |

Sem citar países, Ahmadinejad disse que nações em desenvolvimento sofrem humilhações e agressões a suas culturas. "Estruturas culturais não deveriam ser impostas a nossos países. Devemos prestar atenção às tradições culturais nativas. Todos os seres humanos pertencem a uma mesma classe".

O presidente iraniano disse esperar a visita de Lula a Teerã no próximo ano. "A presença do Brasil no Oriente Médio pode levar a um aperfeiçoamento das relações internacionais e pode ajudar na promoção da paz e da estabilidade", ressaltou. Ahmadinejad disse ainda que o Brasil pode atuar como elo entre o Irã e a América Latina.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG