Agiota é condenado a pagar indenização a devedor

Homem deve R$ 72 mil por danos materiais e R$ 150 mil por danos morais

Agência Brasil |

Um agiota foi condenado a pagar indenização por ter feito ameaças ao devedor e à sua família. A decisão, tomada pela Justiça de Rondônia e mantida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), considerou que ele deve pagar indenização por danos materiais e morais.

O condenado, acompanhado de três capangas, invadiu a casa da vítima, ameaçando e humilhando ele e a esposa. A mulher, que havia tido um filho 11 dias antes da invasão, ficou traumatizada e não conseguiu mais amamentar o filho. Além disso, os homens levaram o automóvel da família.

Baseado nessas acusações, o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) estabeleceu que o agiota deveria pagar indenização ao casal. Ele recorreu ao STJ, que manteve a decisão do tribunal regional e fixou os valores de R$ 72 mil por danos materiais. Já por danos morais, a quantia estabelecida de indenização foi de R$ 50 mil para o devedor e R$ 100 mil para a esposa dele.

    Leia tudo sobre: Agiotaindenizaçãotraumaameaça

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG