Agentes penitenciários entram em greve no Espírito Santo

Durante a greve, não serão realizadas escoltas de presos e ficam suspensas as visitas de familiares e o banho de sol dos detentos

AE |

selo

Os agentes penitenciários do Espírito Santo entraram em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira, de acordo com o Sindicato dos Agentes do Sistema Penitenciários do Espírito Santo (Sindaspes). A decisão foi tomada durante assembleia realizada quarta-feira (3). O início da greve será, inicialmente, nos Complexos de Viana e Xuri, durante a troca de plantão.

Segundo o sindicato, a categoria rejeitou a proposta do governo do Estado, apresentada terça-feira (2). O cronograma exposto prevê a resolução dos problemas a longo prazo. Entre as reivindicações dos agentes estão ajustes da proposta de plano de carreiras e elaboração de uma norma para regulamentar o pagamento de horas extras.

Durante a greve não serão realizadas escoltas de presos e estão suspensas a assistência jurídica, o banho de sol e as visitas de familiares. A alimentação, medicamentos, urgência e emergência médicas aos detentos estarão garantidas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG