Agentes da Força Nacional são atingidos por deslizamento em Santa Catarina

LUIS ALVES (SC) - Uma equipe de oito integrantes da Força Nacional de Segurança Pública que removia as vítimas de locais de risco foi atingida na noite deste domingo, na localidade de Maximus, em Luis Alves. No deslizamento morreram uma criança de seis anos e um adolescente de 16. A operação estava sendo feita via terrestre, de acordo com a Defesa Civil.

Redação com agências |

Acordo Ortográfico

O bombeiro Milton Pitan, do Rio Grande do Sul, está com ferimentos graves e foi encaminhado ao hospital Marieta Bornhausen, em Itajaí, assim como a criança e o adolescente. Pitan está na Unidade de Terapia Intensiva, e o quadro é estável, sem risco de morte, segundo informações do comando da Força Nacional no Estado.

Um segundo bombeiro, soldado Vieira, também do estado gaúcho, foi ferido e encaminhado ao posto avançado do Samu, em Luis Alves, para receber o primeiro atendimento. Vieira teve uma luxação no ombro e passa bem. Os demais seis integrantes sofreram escoriações leves e também foram atendidos no posto de Luis Alves. Outros seis integrantes sofreram escoriações leves e também foram atendidos no posto de Luis Alves.

Já são 114 mortes e quase 80 mil pessoas desalojadas e desabrigadas devido às chuvas que atingem todo o Estado de Santa Catarina há mais de três meses.

Os números atualizados com detalhes das operações realizadas pela Defesa Civil podem ser acessados no site que começou a funcionar ontem (30) ¿ www.desastre.sc.gov.br . Segundo a Defesa, o portal está à disposição para a população que busca informações sobre as chuvas e suas conseqüências em Santa Catarina.

Moradores tentam salvar o que sobrou; assista

(Com informações da "Agência Estado" e da "Agência Brasil")

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas em Santa Catarina 

    Leia tudo sobre: enchentesanta catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG