Agente prisional é afastado após denúncias de agressões em penitenciária de SC

FLORIANÓPOLIS ¿ A Secretaria Executiva da Justiça e Cidadania afastou preventivamente nesta segunda-feira um agente prisional do Departamento de Administração Prisional (Deap). A ação foi tomada após as denúncias de agressões contra detentos da Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis.

Redação |

A secretaria informou que instaurou um procedimento administrativo para apurar as responsabilidades das agressões. O corregedor Cleto Navágio de Oliveira ficará à frente do procedimento que deve apontar as causas e os servidores públicos envolvidos no ato.  A investigação deve levar 30 dias para ser concluída.

As acusações surgiram no último domingo, após imagens gravadas em uma operação que teria sido realizada em fevereiro de 2008, em São Pedro de Alcântara.

A abertura deste procedimento hoje foi uma determinação do governador Luiz Henrique (de Santa Catarina), para que possamos obter celeridade na apuração dos fatos. O Governo do Estado não compactua com atos de violência gratuita", disse o secretário-executivo da Justiça e Cidadania, Justiniano Pedroso.

"É importante ouvir os servidores envolvidos para realmente saber o que e por que aconteceu, completou.

Leia mais sobre: agressões

    Leia tudo sobre: agressãopenitenciáriapresidiáriospresospresídiostortura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG