BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugura no Estado do Tocantins trecho da Ferrovia Norte-Sul, que liga as cidades de Araguaína a Colinas. O projeto prevê integrar as regiões Norte e Nordeste ao Sul e Sudeste e reduzir os custos de transporte de longa distância. A ferrovia deverá ter 3,1 mil quilômetros de trilhos que cortarão os Estados do Maranhão, Tocantins, Goiás e Pará.

Em Brasília, Lula discute o Plano Estratégico de Defesa em reunião com o Conselho de Defesa Nacional e recebe o ministro da Defesa da França, Hervé Morin.

Nesta semana está prevista ainda a retomada do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do caso Raposa Serra do Sol (RR). Os ministros discutirão a demarcação da reserva indígena localizada na fronteira do Brasil com a Venezuela e a Guiana que, desde sua criação, é alvo de disputas entre índios e fazendeiros.

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, participa do Encontro Nacional de prefeitos do PT, no qual discutirá a atuação do governo Lula junto às administrações municipais que começam em 2009. No evento estará presente também o ministro da Educação, Fernando Haddad.

O Senado pode votar a medida provisória 443, que autoriza o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal a adquirirem bancos brasileiros em dificuldades.

Veja, a seguir, os principais acontecimentos políticos da semana.

SEGUNDA-FEIRA

-- O presidente Lula participa de reunião de coordenação política no Palácio do Planalto para tratar da crise econômica. Depois, participa da apresentação dos oficiais-generais das Forças Armadas e almoça no Clube da Aeronáutica. Ele cancelou encontro com o ministro da Defesa da França para acompanhar, em Sorocaba, o enterro do amigo Wilson Fernando da Silva, o Bolinha, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do município.

-- O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, recebe em São Paulo o prêmio Brasileiro do Ano concedido pela revista IstoÉ.

-- O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, participa de seminário sobre Mercosul, em Brasília.

TERÇA-FEIRA

-- Em Colinas (TO), o presidente Lula inaugura trecho da ferrovia Norte-Sul, de Araguaina a Colinas.

-- O ministro das Relações Institucionais, José Múcio, deve se reunir no Palácio do Planalto com membros da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional, da Câmara dos Deputados, para tratar da liberação dos recursos das emendas da comissão ao Orçamento Geral da União de 2008.

-- Em Brasilía, acontece a solenidade de comemoração ao Dia Internacional contra a Corrupção, organizada pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, que contará com a presença do ministro-chefe da CGU, Jorge Hage.

QUARTA-FEIRA

-- Pela manhã, o presidente Lula participa da cerimônia de posse do novo presidente do Tribunal de Contas da União, o ministro Ubiratan Aguiar. Depois, vai a cerimônia de entrega da premiação Gestor Eficiente da Merenda Escolar, organizada pela ONG Ação Fome Zero. O presidente participa ainda da cerimônia de entrega do Prêmio Finep de Inovação.

-- O ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge, participa do 4o Congresso internacional de Desenvolvimento Econômico Sustentável da Indústria de Base Florestal e de Geração de Energia em Porto Alegre (RS). Estará presente no evento também a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius.

-- O STF julga o caso de demarcação da reserva indígena Raposa Serra do Sol (RR).

-- Os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e da Agricultura, Reinhold Stephanes, são convidados para comparecer à Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados para tratar das soluções de crédito para custeio, comercialização e ordenamento da safra deste ano.

-- O ministro da Fazenda, Guido Mantega, é convidado da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados para discutir perdas com o "Plano Verão" por parte dos consumidores do sistema financeiro.

QUINTA-FEIRA

-- O presidente Lula faz reunião do Conselho de Defesa Nacional, cuja pauta será o plano estratégico de defesa. Lula ainda deve participar da abertura de entrega do 5o Prêmio Inovare, no Palácio do Planalto.

-- O PT faz reunião da executiva nacional para discutir pautas internas, entre elas, as eleições do partido.

SEXTA-FEIRA

-- O presidente Lula deve inaugurar obras do Programa de Aceleração do Crescimento, no Rio Grande do Sul.

-- Os ministros da Educação, Fernando Haddad, e da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, participam do Encontro Nacional de Prefeitos do PT em Brasília.

Reportagem de Ana Paula Paiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.