AGENDA POLÍTICA-Lula e presidente argentina se reúnem na Fiesp

BRASÍLIA (Reuters) - A menos de um mês para o encontro do G20, que reúne os 20 países mais ricos e os emergentes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se encontra na próxima semana com a presidente argentina Cristina Kirchner. O encontro na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) deverá servir para Kirchner expor a perspectiva de seu país frente à crise financeira internacional antes da viagem do brasileiro para Londres no dia 2 de abril para o G20.

Reuters |

Na visita à Fiesp, Kirchner se encontra com empresários e participa de seminário sobre oportunidade de investimentos no Brasil.

Na semana, está prevista a retomada do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a demarcação contínua da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima.

O ministro Marco Aurélio Mello apresenta seu voto após pedido de vista do processo feito no início de dezembro. Também faltam votar os ministros Celso de Mello e o presidente do Tribunal, Gilmar Mendes. Na época, a maioria dos 11 ministros do STF decidiu de maneira favorável à demarcação contínua, mas ainda podem mudar o voto.

Veja, a seguir, os principais acontecimentos políticos da próxima semana.

SÁBADO

-- Nos Estados Unidos, Lula encontra-se com o presidente Barack Obama na Casa Branca. Antes, recebe o presidente da central sindical AFL-CIO, John Sweeney. Depois de almoço na embaixada brasileira, Lula parte para Nova York.

SEGUNDA-FEIRA

-- O presidente Lula participa do seminário "Brazil Global Partner in a New Economy" promovido pelos jornais Wall Street Journal e Valor Econômico. Participam também os ministros Guido Mantega (Fazenda), Dilma Rousseff (Casa Civil) e os presidentes do Banco Central, Henrique Meirelles, do BNDES, Luciano Coutinho, e da Petrobras, José Sérgio Gabrielli. Do setor privado irão representantes da Vale do Rio Doce, Odebrecht, Itaú, entre outros.

-- Em Brasília, o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, participa de abertura de seminário sobre trabalho e vida pessoal organizado pela Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas (OIT) e pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

TERÇA-FEIRA

-- Em Montevidéu, durante a 16a sessão plenária do Parlamento do Mercosul, o embaixador Alejandro Hamed, chanceler do Paraguai, faz balanço das atividades da presidência do bloco.

-- Em São Paulo, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo faz palestra com o tema "Causas da Crise Econômica e Perspectivas Mundiais para 2009" promovida pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e o UniCEUB-DF.

QUARTA-FEIRA

-- O presidente Lula deve ir à abertura 2a Conferência Nacional de Idosos em Brasília.

-- Prevista a retomada do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal sobre a demarcação da reserva indígena Raposa Serra do Sol em Roraima.

-- No ciclo de palestras promovido pela FMU e o UniCEUB, o ex-ministro da Fazenda Delfim Netto fala sobre "A Crise Econômica e o Brasil", em São Paulo.

-- Em Brasília, parlamentares da CPI das Escutas Telefônicas Clandestinas da Câmara dos Deputados (CPI dos Grampos) fazem audiência com o delegado da Polícia Federal, Amaro Vieira Ferreira, na sede da PF. Em seguida colhem depoimento de oficial e agente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

QUINTA-FEIRA

-- Em Brasília, Lula tem encontro de trabalho com o primeiro-ministro de Trinidad e Tobago, Patrick Manning. Em seguida, almoça com o governador da Paraíba, José Maranhão

(PMDB).

-- Em São Paulo, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, participa do Fórum Panrotas onde serão discutidas as tendências do turismo e da aviação brasileira em meio à crise. Para o encontro vão ainda o ministro do Turismo, Luiz Barretto, e a presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Solange Vieira.

SEXTA-FEIRA

-- Previsão para encontro na Fiesp entre Lula e presidente da Argentina, Cristina Kirchner. Lula ainda deve ir a Barretos (SP) para inauguração de unidade produtora de carnes na fábrica Minerva Dawn. Há possibilidade de ir a Osasco para a posse da nova diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco.

(Reportagem de Ana Paula Paiva)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG