AGENDA POLITICA-Lula e Obama têm primeiro encontro no dia 14

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reunirá pela primeira vez, no sábado, dia 14, com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Em seu principal compromisso na semana, Lula pedirá a Obama um olhar desenvolvimentista dos EUA para a América Latina, e não apenas as tradicionais preocupações norte-americanas com o crime organizado e o narcotráfico na região. O encontro ocorrerá em Washington, de onde o presidente brasileiro viajará a Nova York para participar de um seminário com investidores.

Reuters |

Lula e Obama também devem conversar sobre os efeitos da crise financeira global e a próxima reunião do G20, da qual participarão os líderes dos principais países desenvolvidos e em desenvolvimento. O G20 se encontrará em abril, em Londres.

Antes, Lula se encontrará com o príncipe Charles, que fará visita de quatro dias ao Brasil.

No roteiro do herdeiro do trono britânico estão as cidades de Brasília, Rio de Janeiro, Manaus e Santarém. Os assuntos em foco na viagem são mudanças climáticas, sustentabilidade, meio ambiente e empreendedorismo juvenil.

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, acompanhará o presidente Lula na abertura de um seminário sobre a participação da mulher no poder. Cotada para concorrer à sucessão presidencial, a ministra vem cumprindo agenda para se tornar conhecida do grande público.

Lula também participará do 10o Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), que deve reunir em Brasília cerca de 3.200 delegados e delegadas sindicais para debater política agrária, desafios da sociedade rural, organização sindical e meio ambiente.

No Congresso, é esperada a retomada das votações em plenário e nas comissões. Os deputados devem votar a medida provisória 449, que tranca a pauta da Câmara e trata do perdão de dívidas de até 10 mil reais de contribuintes com a União. Até agora, não há acordo sobre a matéria.

Já o Senado, depois de ficar paralisado devido à falta de um entendimento sobre as presidências das comissões temáticas, deve retomar os trabalhos. A MP 445, editada pelo governo para aumentar a capacidade de investimento da Caixa Econômica Federal a fim de combater os efeitos da crise financeira global, deve entrar em pauta.

Veja, a seguir, os principais eventos da próxima semana.

SEGUNDA-FEIRA

-- O presidente Lula, pela manhã, faz reunião de coordenação política e, mais tarde, recebe o presidente da Cooperação Andina de Fomento, Enrique García, e o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), Jacques Diouf. À noite, Lula participa do seminário "Mais mulheres no poder: uma questão de democracia". O presidente deve ser acompanhado pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Promovido pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e pelo Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, o encontro discutirá a presença da mulher na política.

-- O ministro da Previdência Social,José Pimentel, deve reunir entidades representativas das micro e pequenas empresas para discutir o processo de implantação do programa de incentivo à formalização do microempreendor individual.

-- O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso faz a palestra de abertura do calendário acadêmico do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). A aula magna terá como tema a consolidação da democracia brasileira.

TERÇA-FEIRA

-- Pela manhã, Lula recebe o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, em Brasília. Mais tarde, ainda na capital federal, participa da abertura do 10o Congresso Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais.

-- Discussão e votação do relatório final da CPI das Escutas Telefônicas Clandestinas da Câmara.

-- O ministro da Cultura, Juca Ferreira, deve participar de solenidade de entrega do título "Capital Brasileira da Cultura" ao prefeito de São Luís (MA), João Castelo.

QUARTA-FEIRA

-- O príncipe Charles e sua mulher, Camilla Parker Bowles, iniciam visita oficial de quatro dias ao Brasil por Brasília, onde são recebidos pelo presidente Lula. A segunda parada é no Rio de Janeiro, seguindo para Manaus e Santarém. O casal também irá ao Chile e ao Equador.

-- No mesmo dia, o presidente Lula se reúne, no Palácio do Planalto, com o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia para fazer um balanço do primeiro ano do plano de ação lançado para o setor com vistas ao desenvolvimento nacional. Em seguida, Lula tem audiência com o primeiro ministro de São Tomé e Príncipe, Rafael Branco, e à tarde se encontra com Eduardo Frei, ex-presidente do Chile.

QUINTA-FEIRA

-- O presidente parte para Rondônia, onde vai ao canteiro de obras das usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antonio, no Rio Madeira. Mais tarde, Lula segue para a Universidade de Porto Velho, onde visita o Projeto Acreditar --desenvolvido por uma parceira entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a construtora Odebrecht e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome para capacitar trabalhadores e beneficiários do programa Bolsa Família. Em seguida, o presidente participa da entrega de 2.400 escrituras provenientes de regularização fundiária no município de Porto Velho.

-- Em São Paulo, o ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, participa da abertura da feira Ecogerma 2009, voltada à sustentabilidade ambiental. Também são convidados o governador José Serra (PSDB) e o prefeito da cidade, Gilberto Kassab (DEM).

SEXTA-FEIRA

-- Lula participa da cerimônia de assinatura de termo de cooperação técnica para a criação de um cadastro nacional de torcedores de futebol. Participam do evento representantes dos ministérios da Justiça e do Esporte e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

FINAL DE SEMANA

-- Lula viaja na sexta-feira para os Estados Unidos, onde cumpre agenda até a segunda-feira da outra semana. No sábado, Lula se encontra com o presidente Barack Obama. No último dia da visita, Lula estará em Nova York para participar de um seminário sobre oportunidades de investimento no Brasil.

(Reportagem de Ana Paula Paiva; Edição de Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG