AGENDA POLÍTICA-CPI ouve Jobim e Câmara faz recesso branco

SÃO PAULO (Reuters) - As investigações da CPI do Grampo sobre as escutas telefônicas de autoridades dos três poderes prosseguem na semana que vem com o depoimento do ministro da Defesa, Nelson Jobim. Ele deve falar sobre a compra de equipamento de escuta telefônica pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que foi acusada de ter sido a responsável pelos grampos. A agência vem afirmando que tem equipamento apenas para realizar varreduras.

Reuters |

As votações estão suspensas na Câmara dos Deputados a partir da semana que vem. Trata-se do recesso branco que vigora até o primeiro turno das eleições municipais, em 5 de outubro.

No retorno, os deputados encontrarão para votar a proposta de fundo soberano. O Senado deve manter as sessões.

A seguir os principais fatos políticos da semana.

SEGUNDA-FEIRA

-- A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, cumpre visita ao Brasil e será recebida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília.

-- Representantes do Tribunal Superior Eleitoral e do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) reúnem-se em Brasília para acertar os últimos detalhes da atuação das tropas federais na segurança das eleições no Rio.

-- O presidente Lula participa das comemorações do bicentenário do Ministério da Fazenda. Está programado o seminário 'Desenvolvimento Econômico: crescimento com distribuição de renda'.

-- O presidente Lula estará no Rio de Janeiro para o jantar de abertura da semana da Academia Internacional de Televisão, no Hotel Copacabana Palace, às 20h.

TERÇA-FEIRA

-- Reunião sobre estratégia nacional de Defesa com a presença do presidente Lula e do ministro da Defesa, Nelson Jobim. À tarde, reunião de coordenação política.

QUARTA-FEIRA

-- O ministro da Defesa, Nelson Jobim, deve comparecer à CPI dos Grampos da Câmara para falar sobre a compra de equipamentos de escuta telefônica pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

-- O presidente Lula cumpre agenda no Amazonas. Às 10h30, em Coari, visita as obras do gasoduto Coari-Manaus, em seguida, às 13h, inaugura a escola técnica de Coari e às 14h abre o campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

-- Às 18h, em Manaus, Lula participa da abertura a 4a Feira Internacional da Amazônia.

QUINTA-FEIRA

-- Os dirigentes de bancos públicos têm encontro com o presidente Lula pela manhã e à tarde Lula se reúne com os governadores da Amazônia Legal.

SÁBADO, 13/9

-- O presidente Lula cumpre agenda em Petrópolis (RJ), onde inaugura uma escola técnica federal, lança um programa de Turismo para parques nacionais e visita o Museu Imperial. Está previsto que ele passe a noite no Palácio Rio Negro, residência oficial da Presidência. O local passava por reparos. O último presidente a se hospedar no local foi Fernando Henrique Cardoso em 1997.

NA SEMANA

-- A CPI dos Grampos convocou o diretor da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, e o diretor afastado da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Paulo Lacerda. Ainda não há data para esses depoimentos.

-- A CPI formalizou convite para que o presidente Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, participe de audiência pública na Câmara sobre a interceptação de uma conversa telefônica dele com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), ainda sem confirmação.

(Reportagem de Carmen Munari)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG