Agaciel entrega cargo de diretor do Senado a Sarney

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), aceitou no início da tarde em caráter definitivo o pedido de afastamento entregue pelo diretor-geral da Casa, Agaciel Maia. Sarney disse que uma solução transitória enquanto se apura as denúncias manteria o problema latente, por isso, a decisão é definitiva, declarou, após um breve encontro com Maia, no gabinete da Presidência do Senado, quando recebeu a carta do funcionário pedindo o afastamento definitivo do cargo.

Agência Estado |

Sarney disse que agora cabe ao Tribunal de Contas da União examinar o assunto com base na declaração patrimonial de Agaciel Maia.

Encarregado de gerenciar um orçamento de R$ 2,7 bilhões este ano, Agaciel teria registrado em nome de seu irmão, o deputado João Maia (PR-RN), uma casa de 960 metros quadrados, onde mora, avaliada em R$ 5 milhões, segundo reportagem da "Folha de S. Paulo". O deputado não declarou o imóvel nem à Receita Federal nem à Justiça Eleitoral.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG