corriqueira , diz Tarso - Brasil - iG" /

Afastamento de Protógenes foi ação corriqueira , diz Tarso

BRASÍLIA - O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou nesta quinta-feira que o afastamento do delegado Protógenes Queiroz da diretoria de inteligência da Polícia Federal foi uma ¿medida administrativa normal, corriqueira, que é feita em casos semelhantes¿.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

Questionado por um jornalista se o afastamento não seria uma punição à Protógenes pelos supostos abusos cometidos durante o tempo que esteve à frente da Operação Satiagraha, quando o banqueiro Daniel Dantas foi preso, Tarso respondeu: Punição ele vai receber quando terminar o inquérito se ele tiver responsabilidades.  

Pela manhã, o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, disse que a Diretoria de Inteligência da PF era um setor muito sensível para abrigar alguém com um perfil quase partidário, como Protógenes. Provocado com esta declaração, Tarso disse que  se ele [Luiz Fernando Corrêa] disse isso, deve estar fundamentado.

Leia mais sobre: Operação Satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG