Aeroviários iniciam 'operação padrão' nos aeroportos do País

Por volta das 8 horas, dos 515 voos programados desde a 0h, 14 estavam atrasados e outros 21 foram cancelados

iG São Paulo |

A 'operação de não-colaboração' tomada pelos aeroviários e aeronautas, iniciada nesta quinta-feira, ainda não apresenta reflexos nos aeroportos do País. De acordo com dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), por volta das 8 horas, dos 515 voos programados desde a 0h, apenas 14 estavam atrasados, equivalente a 2,7% do total, e outros 21 foram cancelados (4,1%).

Dos cancelamentos, 10 eram da companhia GOL, que segundo ela, são anulações programadas, e comunicada aos clientes com antecedência, e outros 9 cancelamentos eram da companhia TAM.

A decisão, de aderir à “operação padrão”, foi tomada na tarde de quarta-feira depois que a reunião com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) para negociar o reajuste das duas categorias terminou sem avanços. Na prática, os trabalhadores decidiriam seguir estritamente as regras de seus manuais, sem acelerar procedimentos, para minimizar a sobrecarga provocada pelo aumento de demanda nessa época do ano.

Os sindicatos rechaçaram a proposta das companhias aéreas de mudar a data-base das categorias de 1º de dezembro para 1º de abril e de reajuste pela variação integral do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Aeronautas e aeroviários buscam reajuste de 30% sobre o piso e de 15% para os trabalhadores que recebem acima disso.

    Leia tudo sobre: operação padrãoaeroviáriosatrasoscancelamentos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG