Aeroportos registram menos de 20% em atrasos nos voos domésticos

Situação melhora na véspera do Natal. Aeroviários conseguem cancelar liminar que estendia proibição de greve até 10 de janeiro

iG São Paulo |

Na véspera do Natal, a situação nos aeroportos brasileiros melhorou. Durante a semana, o índice de atrasos chegou a superar os 30%, mas nesta sexta-feira ficou abaixo dos 20%, nível inferior a média anual estimada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que é de 22%.

Às 22h, a taxa de operações não cumpridas no horário estava em 17,3%. Das 2.453 partidas agendadas desde a meia-noite, 424 não decolaram no horário e 179 tiveram de ser canceladas, de acordo com informações da Empresa Brasileira Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Nos voos internacionais, havia 35 voos atrasados em 181 programados, o que corresponde a uma porcentagem de 19,3%.

A Webjet liderava as taxas de atraso com 31,9% de operações fora do horário até as 22h, tendo 44 voos com partida fora do horário entre 138 programados. A TAM era a companhia com o segundo maior índice, 24%. Dos 808 voos programados, 194 apresentaram problemas. Já a Gol apresentava índice de atraso de 17,7%, com 135 de suas 764 operações.

Cancelamento de liminar

O Sindicato Nacional dos Aeroviários conseguiu, na noite de quinta-feira, cancelar na Justiça a liminar do Ministério Público Federal que estendia a proibição de greve por parte da categoria até o dia 10 de janeiro e ampliava de R$ 100 mil para R$ 3 milhões o valor da multa em caso de descumprimento. Com a suspensão, os aeroviários voltam a cumprir a decisão do Tribunal Superior do Trabalho, que determina atividade de 80% do efetivo dos aeronautas e aeroviários até o dia 2 de janeiro de 2011.

    Leia tudo sobre: atrasosvoosaeroportosinfraero

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG