Aeroportos do Rio de Janeiro voltam a operar normalmente

Os aeroportos Santos Dumont e Galeão, no Rio de Janeiro, voltaram a funcionar normalmente na tarde desta quarta-feira, depois de uma manhã de tempo instável, em que precisaram operar com o auxílio de instrumentos.

iG São Paulo |

Arte iG

De acordo com informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o aeroporto Santos Dumont chegou a ficar fechado para decolagens das 6h às 7h. Depois, operou por instrumentos até as 12h04, quando as condições meteorológicas permitiram que voltasse a funcionar apenas no visual. 

Porém, das 13h17 às 13h38 os voos para São Paulo foram interrompidos por causa do mau tempo na capital paulista. Quatro partidas foram prejudicadas e saíram com atrasos. A situação, no momento, é normal.

Segundo a Infraero, das 98 partidas programadas até as 15h no Santos Dumont, 18 (19,1%) atrasaram e 15 (16%) foram canceladas.

Galeão

O Galeão também chegou a ser prejudicado por causa dos ventos fortes e da chuva na capital fluminenese, mas, desde as 9h, opera visualmente.

Até as 15h, 14 (22,6%) voos atrasaran no aeroporto dos 62 programados. Não houve cancelamentos. Veja aqui a situação do seu vôo .

São Paulo

O aeroporto de Congonhas, na zona Sul de São Paulo, registrou, por volta das 08h30 desta quarta-feira, atrasos nos voos vindos do Rio de Janeiro. Segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), dois voos - um do aeroporto Santos Dumont e outro do Galeão - atrasaram cerca de 40 minutos para aterrisar em São Paulo. 

Diariamente, cerca de 120 voos acontecem na chamada Ponte Aérea, entre os dois Estados. Na terça-feira, ao menos 35 voos com destino ao Rio foram cancelados por causa das chuvas na cidade.

Dia de caos

Na terça-feira, o Rio de Janeiro viveu um dia de caos. Foram registradas mais de 100 mortes, sendo a maioria vítimas de deslizamento de terra, e pelo menos 202 pessoas ficaram feridas.

Esta é considerada a pior chuva já vista no Rio de Janeiro . Em 24 horas, o número de mortos superou o registrado nos quatro meses de verão em São Paulo.


Dramas e relatos

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: aeroportoschuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG