Aeroportos de SP terão juizados por mais um mês

Os Juizados Especiais Cíveis de Conciliação, instalados nos aeroportos de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e Internacional Governador André Franco Montoro, em Cumbica, Guarulhos, na Grande São Paulo, terão suas atividades prorrogadas por mais um mês. O pedido de que a experiência fosse mantida em âmbito estadual foi feito pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção São Paulo.

Agência Estado |

O trabalho desses juizados, prorrogados pela primeira vez em 31 de janeiro, seria encerrado no último dia 31 de março.

Satisfeita com a decisão, a Infraero só aguarda uma manifestação formal para prorrogar o convênio de uso da área. A empresa considera importante a presença do Judiciário nos aeroportos por possibilitar acordo ou o encaminhamento dos casos registrados para o domicílio o usuário. Levantamento realizado pela Comissão dos Juizados Especiais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), entre outubro de 2007 e março de 2008, aponta que foram registradas 2.293 reclamações formais em Guarulhos, que resultaram em 524 acordos. Em Congonhas, houve 1530 reclamações, com 324 acordos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG