Aeroporto Salgado Filho volta a operar por instrumentos no RS

SÃO PAULO - O Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, começou a operar por instrumentos após 7 horas de paralisação. Além da neblina, a chuva forte também prejudicou a visibilidade na região. O mau tempo vem prejudicando o funcionamento do terminal desde o fim da tarde de domingo. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o aeroporto estava fechado para pousos desde às 5h45.

Redação com Agência Estado |

Até o momento, das 59 partidas programadas, 20 foram canceladas e 18 apresentaram atraso superior a 30 minutos. Quanto às 59 chegadas programadas, 12 foram canceladas e 21 estão com atraso.

De acordo com Nilo Sérgio Reinehr, superintendente-regional da Infraero do aeroporto de Porto Alegre, a tendência é o que movimento do aeroporto se normalize até o final desta tarde.

Reinehr ressaltou também, que esta é uma época comum para a incidência de nevoeiros na região, o que dificulta o trabalho de pouso no aeroporto. "Com esse tempo, o aeroporto não tem outra opção, infelizmente tem que ser fechado para pauso. Essa situação traz um imenso transtorno para os usuários".

Segundo a assessoria da Infraero, a situação ainda é complicada no aeroporto, devido ao excesso de atrasos dos vôos, o que gerou na parte da manhã uma manifestação dos passageiros.

Mau tempo

No domingo, nenhum avião pôde aterrissar entre 17h33 e 19h23 e das 19h53 às 21h02. As operações foram retomadas, mas acabaram sendo totalmente suspensas às 22h53. O Salgado Filho foi reaberto apenas as 2h18. Às 5h54, os pousos voltaram a ser interrompidos. Apesar de liberadas, as partidas são afetadas, já que os aviões não chegam ao aeroporto.

Na semana passada, a Infraero concluiu a instalação do Instrument Landing System (ILS) categoria 2. Reinehr enfatizou que o novo equipamento irá auxiliar o pouso das aeronaves em condições de pouca visibilidade.

"Com este aparelho pretendemos reduzir os períodos de fechamento do aeroporto por más condições meteorológicas. Evitando maiores transtornos aos usuários", conclui. 

    Leia tudo sobre: aeroporto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG