Aeroporto de Guarulhos ainda tem 51,9 % dos vôos atrasados

SÃO PAULO - Após permanecer fechado por quase cinco horas, o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, ainda apresenta atrasos em 51,9% do total de vôos, segundo informou a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Redação |


Devido a uma forte neblina que atingiu a região de Guarulhos nesta manhã, a visibilidade ficou abaixo dos 300 metros e nenhum avião pôde aterrissar no Aeroporto de Cumbica entre 3h33 e 8h11.

Por causa do impedimento, 29 vôos tiveram que ser desviados para outros aeroportos, sendo 11 para o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, 15 para o Galeão, no Rio, dois para Confins, em Minas Gerais e um para Ribeirão Preto.

O aeroporto registrou atrasos e cancelamentos durante todo o dia e ainda não regularizou os horários dos vôos. Segundo a Infraero, do total de 135 vôos previstos em Cumbica até as 18h, 70 estão atrasados e 11 foram cancelados.

7 horas dentro do avião

O caos provocado pela neblina no aeroporto de Cumbica, fez com que 284 passageiros do vôo 6285 da empresa Ibéria, que vinha de Madrid, capital da Espanha, para o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, tiveram que esperar cerca de sete horas até desembarcarem do avião, nesta segunda-feira. Por causa da forte neblina em Guarulhos, a aeronave teve que aterrissar no Aeroporto de Viracopos, em Campinas.  

Segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a demora ocorreu, pois a Ibéria não solicitou o desembarque. De acordo com a assessoria, o avião pousou em Campinas às 5h45 e ficou parado até aproximadamente às 10h30, quando os passageiros foram autorizados a descer da aeronave para uma área de espera em Viracopos.


Leia mais sobre: aeroportos

    Leia tudo sobre: atrasoscumbicaguarulhosneblina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG