Aeroporto de Curitiba fica fechado por mais de sete horas e causa atrasos

CURITIBA - O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, no Paraná, ficou fechado para pousos por mais de sete horas na madrugada desta terça-feira. Este intervalo de tempo causou um atraso em quase metade dos vôos programados. De acordo com a Infraero, dos 42 vôos programados, 17 (40,5%) estavam atrasados às 13h.

Redação |

O aeroporto ficou fechado até as 8h20, quando as atividades foram retomadas com o auxílio de instrumentos e, neste momento, o funcionamento já acontece de maneira normal. Ainda segundo a Infraero, dos vôos programados seis (14,3%) foram cancelados até as 13h.

No Rio de Janeiro, o Aeroporto Santos Dumont ficou fechado por mais de uma hora e reabriu às 10h05. O aeroporto foi fechado para pousos às 8h42, por causa do forte nevoeiro que atingiu a região. Neste período, oito vôos foram desviados para o Aeroporto Internacional Tom Jobim.

De acordo com o boletim de atrasos da Infraero, até as 13h, no Santos Dumont, 37,2% dos vôos estavam atrasados e 14%, cancelados. 

Em São Paulo, os aeroportos também tiveram problemas por causa da neblina. Tanto o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, como o de Congonhas, na zona sul da capital paulista, operaram por instrumentos durante a manhã.

As operações de pousos e decolagens em Cumbica foram interrompidas entre 4h02 e 4h12 em razão da neblina. Segundo a Infraero, um vôo vindo de Lima, no Peru, teve o pouso alternado para Viracopos, em Campinas.

Guarulhos registra 22,5% de atrasos e 7,9% cancelamentos. Em Congonhas, neste momento, 16,1% dos vôos programados estão atrasados e 13,4% estão cancelados.

Leia também:

Leia mais sobre: aeroportos

    Leia tudo sobre: aeroporto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG