Aeronáutica: falta de ponto exato do acidente dificulta

O comando da Aeronáutica informou, por meio de nota, que até o momento não há nenhuma captação de sinal do equipamento de emergência da aeronave da Air France que fazia o voo 447 Rio e Paris e está desaparecida desde a madrugada. O vice-chefe do centro de comunicação social da Aeronáutica, coronel Jorge Amaral, a maior dificuldade no momento está relacionada à falta de um ponto exato onde pode ter acontecido o acidente.

Agência Estado |

Outra dificuldade, destacou, é o fato de a pane ter ocorrido sobre o Oceano Atlântico.

Amaral disse que a Força Aérea Americana se colocou a disposição para ajudar nas operações de busca. Segundo a Aeronáutica, nenhum avião que sobrevoou a rota hoje recebeu pedido do socorro do voo AF 447 por meio da frequência internacional de emergência. A Aeronáutica informou ainda que tem cinco aviões, três navios e dois helicópteros na operação de busca e resgate.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG