O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), reafirmou hoje que nos primeiros dias de janeiro irá anunciar sua candidatura ao Senado, caso não haja uma definição sobre o presidenciável tucano até o fim do ano. Sem especificar data, Aécio reiterou que na sexta-feira irá conversar sobre a sucessão com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

Os dois participam de um encontro do PSDB em Teresina.

Ao contrário do que sugeriu no início da semana, Aécio afirmou que não espera que haja nenhuma definição quanto ao candidato do partido para 2010. "Nós temos um encontro marcado na sexta-feira e é uma oportunidade de nós conversarmos. Eu não acredito que nós teremos qualquer decisão na sexta-feira, mas é mais uma conversa dentre algumas que já tivemos e outras que precisaremos ter. Eu continuo dizendo que no começo do mês de janeiro tomarei a minha decisão", afirmou durante solenidade no Palácio da Liberdade. "Na sexta-feira teremos um pouco mais de tempo, talvez até viajemos juntos, não está acertado ainda, para conversarmos".

Demonstrando disposição de não ceder à pressão para ser vice numa chapa encabeçada por Serra, o governador mineiro tem dito que sua prioridade passou a ser a sucessão estadual e a eleição do seu vice, Antônio Anastasia (PSDB).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.