Aécio torce como amigo por Alckmin na Prefeitura

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), defendeu hoje o lançamento da candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin à Prefeitura da Capital, destacando: Geraldo Alckmin é um homem público com todas as condições de ser candidato a todos os postos. É um privilégio não só para São Paulo capital, mas para o Estado de São Paulo e para o Brasil ter a possibilidade de ter um gestor como o Geraldo.

Agência Estado |

" E continuou: "Como amigo, claro que eu torço por ele."

Apesar da defesa, o governador mineiro fez questão de ressaltar que a decisão de lançar ou não o nome de Alckmin à sucessão municipal em São Paulo é do Diretório Municipal da legenda. Nesta segunda-feira (dia 5), o Diretório Municipal do PSDB na Capital vai se reunir para analisar a proposta de candidatura própria nas eleições de outubro deste ano, com chapa encabeçada pelo ex-governador paulista. Hoje pela manhã, Alckmin disse que está tranqüilo com relação ao assunto porque os membros da Executiva tucana já encaminharam (ao diretório) a proposta de sua candidatura por unanimidade.

Aécio Neves, que participou hoje da Abertura oficial da Expozebu, em Uberaba, falou também a respeito da sucessão presidencial de 2010. Questionado se o PSDB poderá fazer prévias para a escolha do candidato, já que seu nome e o do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), estão no páreo, ele disse: "Nós estamos ainda no ano de 2008. Se projetarmos 2010 agora é, no mínimo, um risco muito grande. Quando chegar o momento da eleição, nós vamos saber nos posicionar." Mesmo com a cautela que vem demonstrando a respeito deste tema, ele fez questão de frisar: "Minas terá sempre um papel de enorme relevância em qualquer projeto futuro para o País."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG