Aécio quer royalties para Estados produtores de minério

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), defendeu hoje que os Estados produtores de minério também sejam ressarcidos, a exemplo do que ocorre com os Estados produtores de petróleo. Segundo o governador, estes recursos poderiam ser usados para minimizar eventuais problemas de degradação ambiental.

Agência Estado |

"Nós podemos ter no setor mineral algo parecido como acontece com o setor petrolífero, onde os royalties (o retorno para os produtores) são mais expressivos do que no setor mineral", afirmou Aécio, de acordo com informações divulgadas por sua assessoria de imprensa.

O governador disse que este é um bom momento para discutir a proposta com as principais empresas mineradoras do País. "Acredito que o momento é muito fértil, sobretudo em razão da demanda internacional, para que isso ocorra com o apoio dos governadores, com a participação das empresas e em benefício da sociedade", disse. Aécio Neves reiterou que esta não é uma proposta contra as empresas, mas é preciso haver um avanço nesta questão. O governador avalia que as empresas poderão gerar mais riquezas se os Estados e municípios onde elas atuam forem devidamente ressarcidos.

Ao lado do governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PSB), Aécio Neves participou da inauguração do novo mineroduto e da segunda usina concentradora da Samarco Mineração na unidade de Germano, em Mariana (MG), que tem capacidade de produzir 24 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. Com estas novas obras, a Samarco vai ampliar em 54% a capacidade produtiva da empresa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG