serenidade em investigações da Pasárgada - Brasil - iG" /

Aécio pede serenidade em investigações da Pasárgada

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), pediu hoje serenidade nas investigações da Polícia Federal envolvendo o Tribunal de Contas do Estado (TCE) no âmbito da Operação Pasárgada. O delegado Mário Alexandre Veloso, que preside o inquérito, agendou para amanhã de uma visita à sede do TCE com o objetivo de colher os depoimentos de três conselheiros que fazem parte da cúpula da Corte: o presidente Elmo Braz Soares, o vice-presidente Wanderley Ávila e o corregedor Antônio Carlos Andrada.

Agência Estado |

"Só espero que isso (a investigação) seja feito com serenidade, sem generalizações. Não se pode atacar um Poder. Se existem denúncias e existem indícios, eles devem ser apurados com absoluta profundidade, mas apenas com o cuidado de não se cometerem injustiças", disse Aécio, quando questionado sobre o caso e se defenderia mudança no critério de indicação dos conselheiros.

"Não cabe ao governo do Estado, nesse momento, qualquer opinião a respeito disso, a não ser esperar que tudo seja feito com muita transparência, mas também com a serenidade necessária e aconselhável a quaisquer ações nesse campo", reiterou.

A PF investiga se conselheiros do tribunal teriam participação em supostas irregularidades na emissão para prefeituras com contratos com Instituto de Gestão Fiscal (Grupo SIM) de certidões negativas de pendências no órgão. O inquérito da Pasárgada apura um suposto esquema de liberação irregular de verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que teria provocado um rombo nos cofres públicos estimado em mais de R$ 200 milhões nos últimos três anos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG