Aécio Neves deixará o governo mineiro no fim do mês

O governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), pré-candidato ao Senado, disse nesta sexta-feira que irá se desincompatibilizar do governo do Estado no próximo dia 31 de março, em cumprimento à legislação eleitoral. No mesmo dia, pela manhã, o vice-governador e pré-candidato, Antônio Augusto Anastasia, tomará posse na Assembleia Legislativa.

Agência Estado |

Nesta sexta-feira, Aécio informou que pretende tirar uns dias de descanso, mas garantiu que irá comparecer ao lançamento da pré-candidatura do governador José Serra à Presidência, prevista para o dia 10 de abril, em Brasília. "Estamos prontos para a colaboração que nos for solicitada", disse o governador mineiro.

Ele reafirmou que em vez de insistir na tese da campanha plebiscitária que avalia as realizações do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PSDB deve que apresentar uma nova agenda sobre o que ainda não foi realizado. "Isso é muito mais adequado e importante para as pessoas, do que essa eleição plebiscitária, que vai ficar quase que em uma gincana, uma disputa de quem fez mais, ou fez menos, se foi FHC ou Lula"

O governador participou hoje, ao lado do presidente da Vale, Roger Agnelli, do pré-lançamento do Memorial Minas Gerais Vale. O espaço integra o circuito cultural Praça da Liberdade deverá ser aberto ao público no segundo semestre deste ano.

Leia mais sobre: Eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG