BELO HORIZONTE - O governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) votou hoje ao lado do candidato a prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda (PSB), que protagoniza uma aliança informal entre tucanos e o PT. Em tom de quem já admite uma disputa de Lacerda em segundo turno contra Leonardo Quintão (PMDB), o governador disse que as lideranças políticas que apóiam o socialista devem se esforçar para explicitar diferenças entre as candidaturas.

"Vamos trabalhar para politizar mais a questão. Existem propostas distintas. A nossa é uma proposta do campo popular, democrático e de uma aliança que o Brasil observa com muita atenção " , afirmou Aécio. "Temos que demonstrar com muita clareza que a vitória de Márcio representa mais do que a vitória de um partido, mas a vitória de uma tese de convergência", acrescentou, ao deixar o Colégio Estadual Central, no bairro de Lourdes, região nobre da capital mineira.

O tucano assinalou que não enxerga o possível segundo turno, que era improvável pelas pesquisas de até alguns dias atrás, como uma demonstração de fraqueza da candidatura de Lacerda. "Para nós já é uma vitória um candidato que não tinha disputado eleição liderar as pesquisas. Apenas quando Fernando Pimentel (PT) disputou a reeleição [em 2004] não houve segundo turno em Belo Horizonte", ressaltou Aécio.

(Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.