Aécio Neves coloca nome à disposição do PSDB na disputa pela presidência em 2010

BRASÍLIA - O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, anunciou ao presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), que está à disposição da legenda para concorrer à sucessão de Lula em 2010. De acordo com o governador, porém, o PSDB deverá escolher o nome do candidato tucano para as próximas eleições majoritárias em outubro de 2009, durante a realização de prévias entre os filiados.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

Aécio Neves esteve reunido com parlamentares do PSDB nesta quarta-feira, no Senado Federal. Na saída do encontro, ele não quis dizer textualmente que era pré-candidato à vaga de Lula, mas a informação foi confirmada por senadores que estiveram na reunião.

"Soa como estapafúrdio alguém dizer que é candidato por si próprio. É natural que o nome do governador de Minas seja lembrado. Não é o nome do Aécio, é o nome do governador de Minas", respondeu, ao ser questionado sobre sua disposição de estar à frente do PSDB nas eleições presidenciais.

Por ora, o nome mais forte para disputar a presidência em 2010 é o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), líder nas pesquisas de intenção de voto entre a população. Serra também deverá se reunir com Sérgio Guerra, em Brasília, nos próximos dias.

Isso é estimulante, uma demonstração de que existe espaço para a nova construção do Brasil, disse Aécio Neves, referindo-se ao fato de que o PSDB possui mais de um candidato forte na disputa eleitoral daqui a dois anos. Segundo ele, os demais partidos invejam isso dos tucanos.

Leia mais sobre: eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG