BRASÍLIA - O governador Aécio Neves visitou nesta manhã os presidentes da Câmara e do Senado, Michel Temer (SP) e José Sarney (AP), ambos do PMDB. Pré-candidato à vaga de seu partido para disputar a presidência da República, Aécio disse que acha difícil o PSDB e o PMDB não estarem juntos pós 2010.

"Acho difícil o PSDB e o PMDB não estarem juntos. Se poder já no processo eleitoral, tanto melhor", disse. "A conversa que tenho com o PMDB é extremamente fácil", completou.

Apesar do otimismo, Aécio avaliou que pelo menos até o final do governo Lula o PMDB vai estar firme com o PT. Mas disse ter esperança em ser o político que promoveria o reencontro entre tucanos, peemedebistas e democratas.

"Gostaria de ajudar o reencontro do PMDB com o PSDB, DEM e PPS, para criarmos um novo projeto para o País", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.