Aécio diz não temer possível candidatura de Dilma

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, um dos possíveis candidatos tucanos à Presidência da República, em 2010, disse hoje não temer a provável candidatura da atual ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Ao sair de uma audiência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Aécio elogiou a ministra, mas afirmou que políticos experimentados não podem ter medo de disputas.

Agência Estado |

"Ninguém pode ter medo de uma disputa eleitoral, sobretudo nós que já estamos experimentados. Tenho o maior respeito pela ministra, assim como pelo presidente. Mas, obviamente, no momento da disputa o que teremos que apresentar são propostas", disse.

"Não tenho dúvidas em afirmar que se for candidata a ministra é garantia de uma campanha de altíssimo nível. É um privilégio para o Brasil ter alguém de sua qualidade disputando eleições, independentemente das nossas diferenças", disse. Aécio lembrou que, pela primeira vez desde a redemocratização do País, Lula não será candidato, e considerou que esse fato terá um peso, até mesmo psicológico, bastante importante.

"O presidente terminará seu governo bem avaliado pela população, fez por onde, tem seus méritos, teve a fortuna de administrar grande parte do seu governo no ambiente extremamente favorável da economia internacional. Tudo isso se compõe em ativo do presidente. Mas a disputa se dará em torno de proposta", afirmou ele, acrescentando que seu partido terá que decidir que ideias apresentar para o "pós-lulismo".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG