O ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) descartou nesta segunda-feira o fim da reeleição para cargos do Poder Executivo. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/04/19/aecio+repete+brasil+pode+mais+e+serra+defende+da+fim+da+reeleicao+9462779.htmlA proposta foi defendida por José Serra, ex-governador de São Paulo, que realizou em Belo Horizonte (MG) o primeiro evento de sua pré-campanha à Presidência da República." / O ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) descartou nesta segunda-feira o fim da reeleição para cargos do Poder Executivo. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/04/19/aecio+repete+brasil+pode+mais+e+serra+defende+da+fim+da+reeleicao+9462779.htmlA proposta foi defendida por José Serra, ex-governador de São Paulo, que realizou em Belo Horizonte (MG) o primeiro evento de sua pré-campanha à Presidência da República." /

Aécio diverge de Serra e descarta fim da reeleição

http://images.ig.com.br/ult_us/selo_eleicoes.jpg align=leftO ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) descartou nesta segunda-feira o fim da reeleição para cargos do Poder Executivo. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/04/19/aecio+repete+brasil+pode+mais+e+serra+defende+da+fim+da+reeleicao+9462779.htmlA proposta foi defendida por José Serra, ex-governador de São Paulo, que realizou em Belo Horizonte (MG) o primeiro evento de sua pré-campanha à Presidência da República.

Adriano Ceolin, enviado a Belo Horizonte |

AE
Aécio e Serra em reunião com empresários na sede da Federação das Indústrias
Aécio reconheceu que o assunto chegou a ser cogitado nos últimos dois anos, mas disse acreditar que a reeleição está consolidada no País. Sobretudo em 2009, quando ele e Serra discutiam quem seria o candidato do PSDB à Presidência, a ideia de se acabar com a reeleição e a criação de mandatos com cinco anos foi colocada como hipótese.

Se a proposta vingasse, a disputa entre ele e Serra teria sido sanada mais rapidamente. O paulista sairia candidato agora, em 2010, e Aécio teria sua chance em 2015. Serra contou que o assunto chegou a ser discutido com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Inicialmente, o petista teria aceitado, mas depois mudou de ideia.

A gente tem essa posição há muito tempo. Acho que é muito difícil hoje porque não envolve apenas uma eleição presidencial. Envolve eleições estaduais, municipais", disse Aécio ao iG . "O meu sentimento é que a reeleição no Brasil já faz parte da nossa realidade. Acho difícil que ela deixe de existir", completou o governador mineiro.

Cerca de 700 pessoas participaram do evento chamado Encontro de Líderes, realizado no Teatro do Sesi Minas cuja lotação é de 684 pessoas. O local estava totalmente ocupado por políticos e militantes do PSDB, DEM e PPS - os três partidos que apoiam oficialmente a candidatura de José Serra.

Apesar de ter viajado para Salvador (BA) e Maceió (AL), Serra afirmou que a viagem a Belo Horizonte é o marco zero de sua campanha pelo País. Entre os tucanos, o Estado tem sido considerado fiel da balança para a vitória em outubro. Isso porque nas duas últimas eleições, os candidatos do PSDB foram derrotados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O peso eleitoral de São Paulo e Minas é muito grande, mas nós vamos buscar votos em todo o Brasil da mesma maneira. Dos lugares mais povoados aos menos povoados, disse Serra. Mas sem dúvida nenhuma, Minas tem um papel chave político e eleitoral. Minas tem uma particularidade. Como dizia o escritor Guimarães Rosa, são muitos países aqui, completou.

Leia também

Leia mais sobre:  Serra  - eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG