Aécio defende reforma de gestão do Estado brasileiro

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), defendeu hoje uma reforma de gestão do Estado brasileiro. Para o governador, que participou pela manhã da abertura do 2º Encontro Nacional do Judiciário, em Belo Horizonte, passar o Brasil a limpo e definir novos modelos de planejamento, organização e gestão, tanto no Executivo quanto no Legislativo e no Judiciário, são compromissos e deveres aos quais a nossa geração não pode se furtar.

Agência Estado |

No seu discurso, Aécio discorreu sobre o chamado choque de gestão implantado durante seu governo. Segundo ele, "por apego ao passado e às velhas práticas e devido ao medo de inovar, ousar e criar, o Estado brasileiro, de modo geral, ainda é pesado, caro, lento e ineficiente".

Aécio disse também que no campo social as regiões menos desenvolvidas de Minas Gerais sofreram mudanças "vinculadas a projetos sustentáveis de desenvolvimento, baseados na produção de bens e serviços e não no paternalismo e assistencialismo, que só servem para eternizar as relações de dependência das pessoas, das famílias e das comunidades".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG