Aécio defende antecipar escolha de candidato tucano

Embalado pelo alerta ao PSDB feito pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador de Minas, Aécio Neves, desembarcou nesta quarta-feira em Brasília para cortejar o PMDB e defender a antecipação da escolha do candidato tucano à Presidência. ¿Era muito importante que regulamentássemos as prévias até o final de março, para que tivéssemos essas prévias realizadas no final deste ano ou no máximo no primeiro mês do próximo ano, o que seria uma antecipação¿, declarou.

Agência Estado |

Para FHC, o PT já está em campanha e o PSDB precisa se decidir rapidamente.

Em duelo com o governador de São Paulo, José Serra, pela candidatura em 2010, Aécio destacou que a escolha oficial se dá no período das convenções, no final de junho do ano eleitoral. Para ele, essa é uma demora desnecessária.

Aécio só não abre mão, porém, das prévias - tecla na qual tem batido em todas as entrevistas recentes. Se houver uma outra solução tão democrática quanto esta, que possibilite uma antecipação ainda maior, eu estou pronto para ouvi-la. Eu reconheço que as prévias não são uma tradição do PSDB. Mas a tradição das escolhas - e eu me incluo entre aqueles que participaram - nos levou a duas derrotas consecutivas nas duas últimas eleições, afirmou.

Ao inaugurar uma escola técnica em São Paulo nesta quarta, Serra evitou comentar as declarações de FHC. Não vou falar de política, porque vai roubar o lide daqui, disse. Desde que o ex-governador Geraldo Alckmin foi nomeado seu secretário de Desenvolvimento, Serra tem usado a mesma resposta quando indagado sobre prévias e prazo para definir a candidatura. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: Aécio

    Leia tudo sobre: aécio neves

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG