Aécio começa giro pelo País por prévias na segunda

Para forçar o PSDB a realizar prévias para a escolha do concorrente do partido à Presidência, o governador de Minas, Aécio Neves, montou uma agenda de candidato. Ele começa segunda-feira, no Recife, um giro pelo Brasil em busca de apoio dos tucanos para fazer a consulta e de votos para derrotar o governador de São Paulo, José Serra, na briga pela vaga de candidato à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Estado |

Depois de afirmar que “não se constrói um projeto de País de alguns gabinetes ou da Avenida Paulista”, o governador mineiro decidiu confrontar o movimento de setores do PSDB para descartar a consulta interna, apressando o início da campanha para ser escolhido. A pretexto de prestigiar o lançamento do livro "Daquilo que eu sei - Tancredo e a transição democrática", do ex-deputado Fernando Lyra, Aécio montou uma agenda política de candidato na capital pernambucana.

Vai almoçar com os 12 deputados estaduais e federais do partido em Pernambuco, terá um encontro com os 20 prefeitos tucanos, encerrará o dia inaugurando o auditório Ruth Cardoso no Instituto Teotônio Vilela e fechará a programação em jantar com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), levando a tiracolo o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB). Aécio resolveu se movimentar, e rápido, na tentativa de barrar a consolidação da pré-candidatura presidencial do governador paulista, que está bem à frente dele nas pesquisas de intenção de voto para 2010. Seus próprios aliados admitem que o pragmatismo do PSDB, calcado no desejo de voltar ao Planalto, está fortalecendo Serra e pondo abaixo eventuais preferências pessoais pelo mineiro, mesmo nas prévias. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG