Aécio cobra do governo federal investimento em BRs

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), cobrou hoje do governo federal investimentos em trechos rodoviários de BRs que ligam seis municípios no Vale do Jequitinhonha e região norte do Estado. Em solenidade com prefeitos no Palácio da Liberdade, o governador disse que a marca que o governo federal poderá deixar na área viária em Minas é a de absoluto descaso para com as regiões mais pobres do Estado.

Agência Estado |

"Não é possível que a marca que o governo federal, na área viária, queira deixar em Minas Gerais seja essa de absoluto descaso para com as nossas regiões mais pobres", afirmou, durante discurso.

Aécio assinou a autorização para o início de obras de asfaltamento de estradas de acesso a 12 municípios mineiros, localizados nas regiões norte e vales do Rio Doce, Jequitinhonha e Mucuri - um total de 327 quilômetros de estradas pavimentadas e investimentos da ordem de R$ 230 milhões. As ações fazem parte do Programa Estadual de Pavimentação de Acessos Rodoviários (Proacesso), lançado em 2004 e que até o ano passado recebeu, segundo o Palácio da Liberdade, investimentos de R$ 1,4 bilhão, incluindo recursos do Tesouro do Estado e de operações de crédito externas.

Do total de 225 municípios de Minas que na época não possuíam ligação por asfalto, seis (Montalvânia, Juvenília, Dom Bosco, Chapada do Norte, Jacinto e Salto da Divisa) são ligados por trechos sob a responsabilidade do governo federal, nas BRs 135, 251 e 367. Os trechos somam 175,1 quilômetros e a estimativa da Secretaria Estadual de Transporte e Obras Públicas (Setop) é que a pavimentação exija investimentos de cerca de R$ 300 milhões.

O governador disse que nos próximos meses todas as 219 cidades, cujas estradas são de responsabilidade do Estado, estarão com as obras em andamento e com os recursos necessários à sua conclusão já garantidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG