acordo irá garantir unidade do PSDB para 2010 - Brasil - iG" /

Aécio: acordo irá garantir unidade do PSDB para 2010

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, disse hoje que um acordo de procedimentos irá garantir a unidade do PSDB durante o processo de definição do candidato do partido à Presidência da República em 2010. Antes de seguir para Recife, onde, ao lado de José Serra, participa ainda hoje de uma série de eventos, Aécio disse que as divergências entre seus aliados e do governador de São Paulo devem ser retiradas da imprensa e tratadas internamente, para dar à população uma sinalização de unidade do partido.

Agência Estado |

O governador mineiro e Serra disputam a indicação como presidenciável tucano.

"No sentido de que todas as forças políticas, sejam aquelas que estejam mais próximas ao governador José Serra ou outras mais próximas a nós, compreendam que a nossa unidade é o instrumento de maior vigor que nós temos para enfrentar uma batalha que não será fácil. Por isso é muito importante que haja cautela nas declarações. Obviamente, por mais bem intencionada que possa ser, uma declaração descontextualizada de um lado leva a uma resposta de outro, o que não é adequado", afirmou Aécio.

Ele disse que foi superado o "mal entendido" com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e classificou como "absolutamente correta" a posição do DEM, que passou a considerar sua pré-candidatura. Ainda esta semana, Aécio receberá em Belo Horizonte o presidente nacional do DEM, deputado federal Rodrigo Maia (RJ). "A responsabilidade de definição do PSDB é do PSDB e os aliados, compreendendo isso, certamente fortalecerão e muito a decisão, qualquer que seja ela".

Para o governador de Minas, a viagem à capital pernambucana é "uma boa largada", uma forma de o PSDB demonstrar unidade. "De demonstrarmos que mesmo tendo eventuais divergências em relação a processos internos, temos compromisso com a unidade do partido", reiterou. "É uma sinalização muito positiva e no que depender de mim chegará também a outras regiões do País." Aécio afirmou que a agenda em Recife não é "uma campanha para as prévias" e ressaltou que conversou mais cedo com Serra e que ele estava "bastante animado" para a viagem.

"É uma demonstração clara para aqueles que ainda insistem em apostar no racha, na divisão partidária, que nós estabeleceremos um acordo de procedimentos daqui por diante com o objetivo de estarmos todos juntos ao final". Segundo o governador, o PSDB nacional irá bancar o périplo que pretende fazer pelo País. Ele disse que o partido já alugou uma aeronave para os deslocamentos, inclusive o de hoje.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG