Aécio admite que Serra tem mais chance de ser candidato do PSDB

SÃO PAULO (Reuters) - O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), admitiu nesta quarta-feira que as chances de o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), ser o candidato do partido às eleições presidenciais são maiores do que as dele próprio. A probabilidade de o Serra ser candidato hoje é maior do que a de eu ser candidato, disse Aécio.

Reuters |

A declaração, segundo a Agência Brasil, foi dada em entrevista ao programa "3 a 1", da estatal TV Brasil, que vai ao ar nesta noite.

"Vou apoiar o candidato que as bases do meu partido escolher. Se o Serra for candidato, serei o mais dedicado soldado do partido", completou Aécio.

Pesquisas de opinião divulgadas esta semana indicam que o PSDB só teria chances de conquistar a Presidência se Serra for o candidato do partido. Pelas sondagens, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), que também está na corrida para as eleições de 2010, subiu na intenção de voto do eleitor, enquanto Serra caiu, mas permanece na liderança. Já Aécio perderia de Dilma em um cenário sem Serra.

Aécio, que ainda assim voltou a defender na entrevista à TV Brasil as prévias partidárias como a melhor forma de escolha do candidato da legenda, disse que Dilma ainda não atingiu o patamar mínimo para um candidato com apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estima em 30 por cento.

Na próxima sexta-feira, Serra e Aécio têm encontro em Belo Horizonte (MG), quando assinarão acordos para reduzir a sonegação de imposto.

(Texto de Carmen Munari)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG