Advogados do Opportunity pedem afastamento do juiz Fausto De Sanctis

SÃO PAULO - Os advogados de defesa de Dório Ferman, presidente do banco Opportunity e um dos investigados na Operação Satiagraha, entrou com um mandado de segurança no Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª região, em São Paulo, pedindo o afastamento do juiz Fausto De Sanctis. O mandado de segurança foi feito na última sexta-feira, dia 17, e ainda não foi distribuído para um dos desembargadores do TRF.

Agência Brasil |

Segundo o advogado Antônio Pitombo, o mandado de segurança foi pedido ao TRF porque o juiz Fausto De Sanctis estaria demorando para analisar os pedidos da defesa de exceção de suspeição, que questionam a imparcialidade do juiz para julgar o caso.

Dório Ferman deve ser ouvido pela Polícia Federal em um dos novos inquéritos da Operação Satiagraha que investiga crimes financeiros. De acordo com Pitombo, ainda não foi definida uma data para o depoimento.

Desde esta quarta-feira, na sede da Polícia Federal em São Paulo, novos depoimentos sobre o inquérito da Satiagraha estão sendo colhidos pelo delegado Ricardo Saadi, responsável pelas investigações. Os nomes dos depoentes estão sob sigilo e não foram citados. A expectativa é de que o banqueiro Daniel Dantas também seja ouvido nos próximos dias pela Polícia Federal.


Leia mais sobre:  Operação Satiagraha

    Leia tudo sobre: operação satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG