Advogados defendem parecer da AGU sobre anistia

A União dos Advogados Públicos Federais do Brasil (Unafe) divulgou nota pública de desagravo aos advogados públicos federais Gustavo Pinheiro Amorim e Lucila Garbelini, autores do parecer da Advocacia-Geral da União pela não punição de acusados de crimes cometidos na ditadura. O texto causou polêmica.

Agência Estado |

Na carta, a entidade diz que a atuação dos advogados "se deu tão-somente em defesa dos interesses da União". "Repudia-se, assim, qualquer tentativa de interferência nas atividades exclusivas dos membros da Advocacia-Geral da União, sob pena de politizarem-se equivocadamente temas de ordem jurídica, em prejuízo do Estado Democrático de Direito conquistado a duras penas." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG