Os advogados do italiano Cesare Battisti no Brasil consideram acertada e bem fundamentada a decisão do ministro da Justiça, Tarso Genro, de conceder refúgio político ao ex-militante do grupo de extrema-esquerda Proletários Armados pelo Comunismo, condenado à prisão perpétua em seu País por terrorismo e homicídios. Com a decisão, ressaltam os advogados, em nota, Battisti pode agora voltar a viver em liberdade em território brasileiro e continuar suas atividades de escritor, como fazia antes de ser preso.

A nota é assinada pelos advogados Luiz Eduardo Greenhalgh, Suzana Figueiredo, Fábio Antinoro e Georghio Tomelin. "Quem conhece o processo profundamente, tomando ciência de seus meandros e detalhes, sabe que a decisão de conceder refúgio político a Battisti é a única medida que preserva a Constituição brasileira e a tradição do Brasil em casos semelhantes", afirmaram os advogados na nota.

Genro concedeu ontem refúgio político a Battisti. A decisão altera parecer do Comitê Nacional para os Refugiados - que em novembro rejeitou o pedido - e suspende o processo de extradição para a Itália. Battisti é acusado de quatro homicídios nos anos 1970.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.