O advogado Gerônimo Ruiz Andrade Amaral foi preso hoje acusado de formação de quadrilha, quando tentava entrar com componentes de telefones celulares na Penitenciária Maurício Henrique Guimarães Pereira, em Presidente Venceslau, no oeste de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Amaral seria advogado da facão criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.