Advogado do casal Nardoni deixa o caso

SÃO PAULO ¿ O advogado Marco Polo Levorin, que coordenava a defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, deixou o caso nesta segunda-feira. ¿Foi um consenso¿, disse. Nardoni e Anna são os acusados no caso da morte da menina Isabella Nardoni, que caiu do 6º andar de um prédio em São Paulo no dia 29 de março de 2008.

Redação |

Levorin disse que deixou a defesa por divergências profissionais e que, com ele, saem todos os profissionais de seu escritório envolvidos no caso.

A defesa do casal teve um grande revés nos últimos meses, com a decisão de que eles seriam submetidos a juri popular. O advogado defendia sempre o "posicionamento técnico" da defesa perante ao caso e estudava recorrer da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF).

A tese defendida por Levorin era de que Isabella não havia sido asfixiada e teria morrido em função da queda. Em sua defesa, ele questionava partes dos autos e o trabalho da perícia. Apontava também contradições entre a denúncia e a perícia.

Leia mais sobre: Isabella Nardoni

    Leia tudo sobre: isabellaisabella nardoni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG