SÃO PAULO - O advogado Nélio Machado, que faz a defesa de Daniel Dantas, comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de conceder o segundo habeas-corpus ao banqueiro nesta semana. Machado fez a declaração após sair da sede da Polícia Federal em São Paulo, onde Dantas iria depor. No entanto, por orientação da defesa, o banqueiro se absteve de falar aos policiais. Dantas já teria sido informado sobre a decisão do STF e aguarda apenas os trâmites burocrátivos para sair da sede da PF.


Durante entrevista na porta da superintendência da PF, Machado afirmou que não acredita que Dantas será preso novamente. No Brasil só há três tipos de prisão: em flagrante, temporária e preventiva. Como Dantas já passou pela temporária e pela preventiva, ele só poderia ser preso novamente por um motivo que ainda não foi criado, afirmou.

O advogado disse elogiou a decisão do STF e disse que também respeita a decisão do Juiz Federal Dr. Fausto Martin de Sanctis, que decretou as duas prisões de Dantas, mas queixou-se de que teria havido linchamento da imagem do banqueiro, pela forma como as detenções aconteceram.

Segundo Machado, a defesa vai se inteirar sobre o inquérito e, na próxima semana, Dantas deve depor na PF.

Leia também:


Leia mais sobre: PF

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.