Adolescentes são encontradas decapitadas em Salvador

Jovens haviam fugido de casa na tarde da última quinta-feira

Agência Estado |

Após fugirem de casa, na tarde da última quinta-feira, no bairro de Engenho Velho de Brotas, em Salvador (BA), as vizinhas e amigas Janaína Cristina Brito Conceição, 16 anos, e Gabriela Alves Nunes, 13, foram encontradas decapitadas na noite de sexta-feira, na rua Diva Pimentel, no bairro de San Martin.

As duas adolescentes, cujos corpos apresentavam sinais de tortura, foram enterradas na tarde de ontem.
Segundo testemunhas, os corpos foram deixados no início da rua por ocupantes de um Fiat Punto verde. Um dos suspeitos, antes de deixar o local, atirou para cima para chamar a atenção.

O veículo foi abandonado em seguida na rua Bom Jesus da Lapa, também em San Martin. Segundo a polícia, o local onde as meninas foram encontradas é um ponto de tráfico de drogas. As duas meninas ainda chegaram a conversar por telefone com parentes após deixarem suas casas e disseram que estavam bem e que não queriam voltar nem ser localizadas.

O sargento dos bombeiros Zardival Rubens Bassalo Conceição, pai de Janaína, recebeu uma ligação de desconhecidos que exigiam duas armas e R$ 50 mil para liberar as garotas. Os parentes das vítimas disseram ao delegado Omar Andrade, da 4ª Delegacia, do bairro São Caetano, que as jovens não tinham problemas de relacionamento em casa.

    Leia tudo sobre: crimebahiaadolescentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG