Jovem de 15 anos é morto por outro de 17 anos durante parada gay realizada na cidade

selo

Um adolescente de 15 anos foi assassinado neste sábado, em Juiz de Fora, Zona da Mata de Minas Gerais. O crime ocorreu durante a 11 ª Rainbow Fest, a Parada do Orgulho Gay da cidade. O autor dos disparos, outro jovem de 17 anos, confessou o crime e foi preso.

De acordo com um oficial, do Centro de Operações da Polícia Militar de Juiz de Fora, o fato ocorreu devido a uma briga entre gangues formadas por moradores de dois bairros do município e nada tem a ver com o evento.

"Esta rivalidade existe há muitos anos entre essas gangues, dos bairros Jardim Natal e Santa Luzia. Qualquer motivo serve para eles brigarem. Acredito que não tem a ver com preconceito, ou qualquer relação com o evento, que já a festa ocorre há mais de 10 anos na cidade, é consagrada e muito bem organizada", informou o policial.

No confronto, outro jovem, de 22 anos, também foi baleado nas pernas e encaminhado ao HPS. Mais um adolescente confessou a autoria dos disparos. Segundo o capitão da PM, as duas armas apreendidas não pertenciam aos autores dos disparos.

Ele também informou que 17 pessoas foram encaminhadas para a delegacia da Polícia Civil de Juiz de Fora, entre as quais, participantes da briga e os envolvidos no homicídio, incluindo homens e mulheres, maiores e menores de idade. A delegacia da Polícia Civil disse que apenas nesta segunda-feira poderá fornecer mais informações sobre o ocorrido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.